Dom Ângelo Maria Rivato, bispo emérito de Ponta de Pedras, sétimo dia de falecimento


Morreu no último sábado, dia 20, na Itália, devido a complicações de um Acidente Vascular Cerebral (AVC), o bispo emérito de Ponta de Pedras (PA), dom Ângelo Maria Rivato, 87 anos. Ele atuou durante 35 anos em terras amazônicas e foi o primeiro bispo prelado de Ponta de Pedras, de 1967 a 2002.

Em setembro de 2009, por decisão de sua Congregação (Companhia de Jesus) foi residir em Gallarate, Itália, onde há uma casa dedicada aos padres e bispos idosos. Ultimamente, acometido por dois AVC, veio a falecer sábado às 22h, horário de Brasília (DF).

Natural de San Giovanni Iparione, Verona, Itália, dom Ângelo estudou Filosofia e Teologia em Vicenza. Entrou para a Companhia de Jesus, em 1951. Foi vigário e cooperador em Vicenza, até 1959. Ele trouxe para Belém (PA) a Obra de Maria Focolares, em 1963. Foi vigário-geral em Belém, em 1964.

Além disso, dom Ângelo participou da última sessão do Concílio Vaticano II.

Seu lema episcopal foi “Ubi Caritas Ibi Deus” (Onde está o amor, aí está Deus).

Comentários